Pense e assuma o controle!

Sempre nos perguntamos quais serão as questões e problemas que teremos de enfrentar amanhã? São questões recorrentes na vida, cada vez mais presentes! Quando estávamos no Século passado perguntávamos como seria o Século 21! O fato é que estamos nele e, com poucas e honrosas exceções, no nosso Brasil estamos catalogando duas décadas perdidas, como dizem os economistas! O homem e mesmo a humanidade mudam constantemente, criando condições para que alguns possam evoluir, ganhando por fazerem mais criativamente e melhor! Por outro lado, cada um de nós viveu ou será capaz de viver num mundo ideal, já que é de nossa natureza o inconformismo.

Assim, não podemos ficar apenas aguardando que um melhor momento e que ele surja como num passe de mágica. Isso apenas enseja frustrações ou arrependimentos sobre um tempo que não volta mais. É claro, que existe o momento certo, mas este deve ser acompanhado com esforços para ser aproveitado. É preciso ter consciência que o mundo nunca será o ideal. Os saudosistas que nos perdoem, mas durante seus tempos as coisas também não eram fáceis. O que mudou foi a velocidade e hoje tudo corre mais rapidamente e a sensação de insegurança gerada pela mudança torna-se absurda. Embora os obstáculos, a atitude empreendedora desencadeada pelo inconformismo melhorou, mas a insegurança ainda é a razão pela qual muitos empreendedores acabam desistindo de seus projetos.

Este enredo tem altos e baixos. E ainda, nem tudo são flores ou dores. E se olharmos de forma mais positiva, tudo que nos aconteceu de bom ou ruim, é o que nos trouxe firmes e mais fortes, até aqui. Portanto, honre e respeite a sua história, mas ouse mudar seus padrões de pensamentos e ter crenças mais positivas. Você não precisa ancorar sua memória em coisas ruins, não devendo se culpar ou se punir por seus erros, focando somente nos aspectos negativos. Lembre-se que desistir não é o padrão entre os vencedores. Por isso, preocupe-se com o que realmente possa afetar seu desempenho e seu desenvolvimento.

A resposta parece estar no controle dos fatos. Antecipe os riscos e tente encontrar saídas. Ou seja, assuma o controle de sua vida. Utilize meios existentes ou peça ajuda, mas não espere que alguém faça algo por você. Tome a iniciativa, com cuidado, mas sem medo de errar. É errando que se aprende. Apenas pense e planeje para minimizar os erros possíveis. Não se isole e não se lamente. Aceite as críticas. Por fim, mantenha alto o seu astral. Pense positivamente, aja positivamente. Deixe o rancor e o remorso de lado. Procure ver sempre o lado bom de cada momento. Assim será possível enxergar novas soluções e oportunidades..